• superagricarne

Você sabe a diferença entre alimentos refinados e integrais?


É notável que os alimentos integrais nas prateleiras dos supermercados têm aumentado significativamente nos últimos tempos e é fácil detectar pela cor e pela descrição na embalagem, mas você sabe o que realmente faz um alimento ser considerado integral ou não?

Provavelmente você já sabe que os integrais são aqueles alimentos que não passaram por algum tipo de processo de beneficiamento ou refinação, fazendo com que eles mantenham os nutrientes que fazem tão bem à nossa saúde.

Mas afinal, qual a diferença entre os produtos refinados e os integrais?

Para entender de forma simples, qualquer produto integral conserva suas propriedades nutritivas, tais como: as fibras, as vitaminas e os sais minerais, que são nutrientes importantes para a nossa saúde. Os produtos que passam por algum tipo de refinamento (processos químicos utilizados para mudar a cor e consistência dos produtos) perdem todos esses nutrientes naturais.

O alimento refinado é aquele que no processamento industrial sofre transformações em sua estrutura através da retirada de algumas partes do grão, como película e germe. Assim, também acabam perdendo fibras, vitaminas e minerais.

Alguns estudos relacionam o consumo excessivo de alimentos refinados com o aumento de peso corporal, carências nutricionais, aumento no risco de doenças do coração, diabetes e alterações nos níveis de gordura no sangue.

Entre os alimentos que podem ser consumidos e que são naturais estão o arroz integral, o açúcar mascavo, azeite de oliva, manteiga e óleo de coco. Esses alimentos são naturais e não agridem nossa saúde. Você pode optar também por inserir na sua dieta diária pães, biscoitos e macarrão integral, que são considerados fonte de fibras e farão com que o seu organismo funcione melhor, devido à dificuldade de serem digeridos, mantendo você saciado durante mais tempo, contribuindo também para a perda de peso.

Os alimentos integrais, por manterem seus nutrientes, contribuem para o bom funcionamento do organismo e previnem o aparecimento de doenças. As fibras, por exemplo, presentes nos grãos integrais auxiliam na redução da absorção do colesterol e glicose no intestino, melhoram trânsito intestinal, contribuem para saciedade, entre outros benefícios. Ou seja, trocar a farinha, o macarrão, o arroz e os cereais em geral pela versão integral podem fazer muito bem ao seu organismo!

Fonte: emagrecimentoconsciente.com/ catracalivre.com.br

#alimentosintegrais #alimentosrefinados #integral #refinado #pãointegral #arrozintegral #fibras

754 visualizações